| 0 comentários ]


  Vivem momentos distintos, as formações que jogam em San Siro. Ontem foi só mais um capítulo do pesadelo que tem sido esta época para o Inter de Milão. Perdeu em casa, surpreendentemente, com o Bolonha, sendo o antigo jogador da Juventus Marco Di Vaio o herói da partida marcando dois golos. Apesar da idade o italiano continua a marcar, levando 3 golos contra os colossos milaneses, nesta época. A equipa de Ranieri perdeu assim a segurança de ter um lugar europeu na tabela classificativa, dada a vitória do Nápoles em Florença, por 0-3.

  Depois de fechar em grande o ano passada e começar bem o mês de Janeiro, o Inter está em queda. Já não vence à 6 jogos, e conta já com 3 derrotas consecutivas, sendo duas delas contra equipas que lutam pela manutenção e a outra uma humilhação em Roma, contra um dos maiores rivais da equipa dos milaneses. Há que analisar profundamente a situação do clube, dado o facto que nada fazia prever uma época destas. Não há nada que justifique este momento de cariz extremamente negativo, a não ser as más exibições. O Bolonha aproveitou e deu uma dura machadada das aspirações do Inter que neste momento só podem passar por um lugar europeu, algo mais é irreal.

  Marco Di Vaio e Acquafresca (que na segunda parte ia entrar para o lugar de Di Vaio) fizeram os golos da noite em San Siro. Aos 37 e 38 Di Vaio matou o jogo, silenciando os adeptos do Inter. Aquando do terceiro golo, uma grande parte dos adeptos presentes no estádio abandonaram o recinto, não querendo ver o que se estava a passar no jogo. Há que dar mérito também para este Bolonha, equipa coesa que fez um jogo muito bom. O próximo passo de Moratti poderá passar pelo despedimento de Ranieri?

0 comentários

Postar um comentário