| 0 comentários ]


Esta é um dos pontos fortes que vai marcar o blog, espero. Uma retrospetiva geral aos jogos que marcaram o dia de ontem, 12 de Dezembro. Foi um jogo onde dois jogos marcaram um novo capítudo em dois campeonatos diferentes. Villas-Boas foi capaz de aplicar a primeira derrota ao Manchester City no campeonato, enquanto a Juventus de Conte foi empatar ao Olímpico.

Comecemos pelo empate em Roma. Tive a sorte de poder ver toda a partida, e claramente fiquei  convencido com a Juventus treinada esta época por uma lenda do clube, um verdadeiro líder. A Vecchia Signora arrancou um empate num jogo sempre difícil. De Rossi marcou na sequência de um erro tremendo de Vidal - que de resto esteve mal no jogo -, que não conseguiu cortar o remate do médio De Rossi. Erro tremendo, porque o remate do internacional italiano não levava força quase nenhuma. A Juventus foi melhor, no geral, tendo Chiellini empatado na segunda parte. Nota ainda para a lenda do clube, Gigi Buffon, que defendeu uma grande penalidade batida por Totti. Resultado que deixa o clube de Turim no primeiro lugar da Serie A, em igualdade pontual com a Udinese.

Em Londres o Chelsea aplicou ao City a sua primeira derrota. A equipa de Manchester entrou com tudo, marcando logo a abrir o jogo...por Balotelli. Antes do intervalo Raúl Meireles ia deixar a sua marca no jogo, empatando. De grande penalidade Frank Lampard fez o golo da vitória da equipa da casa, que deixou o campeonato inglês com um maior equilíbrio e com uma sequência de jornadas decisivas no Boxing Day. Como adepto do trabalho de Villas-Boas, quer no Porto ou no Chelsea, o prodígio parece estar a estabilizar a equipa de Abramovich.

Destaque ainda para o campeonato português, onde Adrien marcou um golão na primeira vitória da história da Académica no terreno do Olhanense. Adrien bisou e deu a vitória aos estudantes, por 0-2.

0 comentários

Postar um comentário