| 0 comentários ]


O Manchester United está numa enorme maré de azar. O momento menos negativo foi marcado pela precoce goleada sofrida em casa, aos pés do Manchester City. Para complicar a situação, duas importantes peças da equipas de Sir Alex estão de fora, uma delas por tempo indeterminado. Atipicamente, a defesa do United tem 14 golos sofridos em 15 jogos. A média nem é de 1, mas lembre-se que na época passada a equipa de Ferguson terminou o campeonato com quase 40 golos encaixados, é demasiado.

O Manchester sofreu um murro no estômago no dia de ontem, quase literalmente. Darren Fletcher foi diagnosticado com uma doença crónica no cólon, tendo o escocês de retirar-se imediatamente do futebol, mesmo que por tempo indeterminado. Mesmo que não seja um dos melhores da equipa, Fletcher é adorado pela massa adepta do Manchester, já que está no clube desde 1995, onde começou a sua formação aos 11 anos. 

A defesa tem tido constantes problemas físicos e lesões, já na época passada isso sucedeu-se, e Ferguson tem sempre soluções, mesmo que por exemplo tenha que adaptar Valencia a defesa direito, não seria a primeira vez que aconteceria. Neste caso quem preocupa é Vidic. O experiente defesa central dos diabos vermelhos está lesionado até ao final da época, sem poder dar o seu contributo que nesta altura seria valioso. 

A equipa tem a opção mais do que válida de mexer no próximo mercado de Janeiro, e é o que fará se Sir Alex achar realmente necessário. A equipa tem sido bastante irregular nesta temporada, e já foi inclusive afastada da Liga dos Campeões, e agora irá pela primeira vez disputar a Liga Europa. Os diabos vermelhos esperam dias melhores, a verdade é que a situação podia estar melhor, apesar da vitória no último fim de semana. A verdade é que, apesar das especulações de saída de Berbatov, o ataque da equipa está muito bem no campeonato, a principal frente do clube.

0 comentários

Postar um comentário